Lendário calouro do Chacrinha enfrenta dificuldades de saúde, em Volta Redonda
<
Fotos: Evandro Freitas.

ESPECIAL


VOLTA REDONDA


Atualizado às 19h22min.

O lendário calouro do programa do Chacrinha e personagem folclórico de Volta Redonda, no Sul do Rio, está passando pela maior prova da vida. José Carlos Silvério, de 62 anos, o “Abacaxi”, recordista de troféus do saudoso Velho Guerreiro está precisando de cuidados especiais. Ele fazia participações bem humoradas no programa na década de 80 e acabou ganhando o apelido por ganhar muitos prêmios representado pela fruta.
Muito conhecido no fórum de Volta Redonda, onde ele sempre gostava de estar. Há dois anos ele teve um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Em agosto desse ano, ele teve outro AVC que paralisou parte dos movimentos de um dos lados do corpo. Ele morava sozinho e a família, duas irmãs que moram na cidade, foram informados que ele estava no hospital.
Os médicos informaram que ele pode ter tido um tipo de AVC isquêmico que pode provocar problemas na fala e limitações de movimento. A família recebeu a nossa equipe na casa em que ele mora com uma das irmãs, no bairro São Sebastião. Ele precisa de uma série de medicamentos e fraudas geriátricas. O tratamento com vários especialistas é caro e precisa de atenção.
Família conta com a ajuda de amigos para o tratamento
Família conta com a ajuda de amigos para o tratamento e pede doação de andador para Abacaxi.
Na foto, as irmãs Márcia, Sônia e o sobrinho João, cuidam do tio famoso. Com dificuldads de andar, Abacaxi usa uma cadeira de rodas. Amigos que conhecem Abacaxi estão ajudando no que podem. Muito querido no meio jurídico, várias pessoas fizeram doações. “Amigos estão ajudando com remédios, frutas e algumas coisas que ele precisa. E ele é muito querido e quem quiser ajudar só entrar em contato comigo que estamos aqui a disposição”, falou e irmão Sônia Silvério, que é quem cuida dele.
A família ainda pede que quem puder emprestar ou doar um andador, ele precisa do auxílio para se locomover. Quem quiser ajudar o Abacaxi com qualquer quantia ou doando algo para o tratamento dele, basta entrar em conta com a irmã, no telefone (24) 99958 3777 (Sônia). Ou ainda pela conta bancária do sobrinho dele, Caixa Econômica Federal, agência: 0197, OP: 01, Conta/Corrente: 000337648-6, em nome de João Paulo Rocha S. Rose. Qualquer valor ajuda custear e aliviar as despesas da família.
No vídeo, postado na internet, Abacaxi brinca de se apresentar pelas ruas de Volta Redonda. Com muito bom humor e alegria, ele brinca com a participação no programa na TV.


Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).