Mais uma morte por covid-19 em Volta Redonda
<
VOLTA REDONDA

Atualizado às 10h24min.
A maior cidade do Sul do Rio ultrapassou a marca de mil mortos por Covid-19. O número foi alcançado na quarta-feira (16), depois de confirmar mais cinco mortes pela doença. A cidade tem agora 1.001 mortes na pandemia depois de um ano e três meses do início das medidas de isolamento e combate ao vírus.
Agora o município se juntou a outras do estado do Rio que passaram a triste marca. Entre elas está Campos dos Goytacazes (1.378), Niterói (1.835), Duque de Caxias (1.415), Nova Iguaçu (1.574), São João de Meriti (1.026) e Petrópolis (1.213). Fora da capital, apenas uma cidade no passou a marca de duas mil mortes. São Gonçalo, na Região Metropolitana, com 2.502, segundo dados da última segunda-feira (14).
Apesar disso, Volta Redonda tem uma taxa baixa de letalidade se comparada a outras cidades que também passaram desta marca. Em São João de Meriti, por exemplo, a taxa é de 10,85%, enquanto em Petrópolis é de 10,42%. São Gonçalo, apesar de na casa dos 2,5 mil óbitos, tem taxa de letalidade de 5,28%. em Volta Redonda, a taxa é de 3,26%.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).