Vítima de assassinato em Barra Mansa tinha várias passagens pela polícia

Companheira é procurada pela polícia como autora do crime

1
1313
Atualizado às 10h45min.

BARRA MANSA
A mulher morta pela companheira em Barra Mansa foi identificada como Natiele Caetano dos Santos, de 33 anos. Ela é ex-presidiária e tinha várias passagens pela polícia. O corpo foi encontrado na casa em que ela e a esposa moravam juntas, na Rua Boa Esperança, no bairro Vila Coringa. Sabrina Amaro, também de 33 anos, é procurada pela polícia pelo crime.
A acusada teria passado várias mensagens para o celular da mãe confessando o crime. Ela teria pegado carona com um caminhoneiro para fugir. Ela não teria informado qual seria a motivação do crime. Ela teria revelado apenas que tudo aconteceu durante uma briga entre o casal.
Segundo a polícia, a vítima saiu há um mês da cadeia. Ela teria uma extensa ficha criminal, com 35 passagens, entre elas por extorsão e sequestro. O delegado titular de Barra Mansa (90ª DP), Ronaldo Brito, disse que vai aguardar o resultado na necropsia do Instituto Médico Legal (IML) de Volta Redonda para dar andamento ao inquérito criminal. Os exames vão confirmar se a vítima foi morta estrangulada ou não.
A vítima era da Baixada Fluminense e veio para o Sul do Rio depois de deixar a prisão. Ela veio para morar com a acusada após ser solta. (Fotos: Redes Sociais).
Sabrina é procurada depois de fugir em caminhão. Mensagens para mãe revelam que ela teria cometido o crime.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Deixe seu nome aqui