Atualizado às 22h38min.

RESENDE
Cerca de 3,1 mil famílias beneficiadas pelo Programa Bolsa Família em Resende, no Sul do Rio, devem procurar uma unidade de saúde até o dia 08 de maio, para realizar o “Acompanhamento da condicionalidade de saúde”. O processo contempla crianças menores de 07 anos, gestantes em fase de pré-natal e mulheres de 14 à 44 anos de idade. Essa é a primeira vigência da condicionalidade este ano. Já que o compromisso é a cada seis meses.
Para ficar em dia, os responsáveis familiares devem procurar as unidades de saúde do município para se informar sobre as datas de realização da pesagem, devido as várias atividades realizadas pelos profissionais de saúde. Os documentos exigidos são os cartões de vacina ou de pré-natal, no caso de gestante.
É fundamental que os responsáveis levem as crianças menores de 07 anos para tomar as vacinas recomendadas pelas equipes de saúde e para pesar, medir e fazer o acompanhamento do crescimento e do desenvolvimento. As gestantes, devem estar em dia com o pré-natal e ir às consultas na Unidade de Saúde.
O objetivo do Governo Federal ao estabelecer condicionalidades é fazer com que as famílias assumam um compromisso com a educação e a saúde. Na área da educação, os responsáveis devem manter matriculadas na rede pública de ensino crianças e adolescentes de seis a 17 anos; comprovar uma frequência escolar de pelo menos 85% das aulas para crianças e adolescentes de seis a 15 anos e de 75% para jovens de 16 e 17 anos.
– É muito importante ficar atento as chamadas do programa para não correr nenhum risco. Vale lembrar que os pais que não realizarem esse compromisso podem ter seu benefício bloqueado ou até mesmo suspenso e não queremos que isso aconteça – explica a Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Jaqueline Primo. (Foto: Divulgação).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Deixe seu nome aqui