COBERTURA EXCLUSIVA


Atualizado às 17h06min.

VOLTA REDONDA
Uma troca de tiros entre policiais e bandidos armados na tarde de sexta-feira (20) feriu um sargento da PM, um menor e um morreu no hospital, em Volta Redonda, no Sul do Rio. Uma denúncia de tráfico nos condomínios Ingá I e II, do Minha Casa, Minha Vida, levou agentes dos Serviço Reservado da PM (P2), quando teria começado uma intensa troca de tiros.
A policia chegou ate uma casa onde os bandidos teriam invadido. Eles tentaram fazer uma família de refém que conseguiu fugir. Um dos suspeitos armado tentou puxar o fuzil de um dos policiais e acabou baleado e morreu no hospital. Um dos presos é o principal suspeito da morte da criminalista atingida por disparos ao sair do condomínio, meses atrás, identificado como Leonardo Rodrigues Moreira, o “Leozinho”, de 20 anos.
O suspeito chegou a ser preso em Santa Rita de Jacutinga, depois que um homem de moto, que levava dinheiro e droga para um grupo em uma pousada, acabou confessando a localização dele. Ele foi detido em um hotel na cidade mineira. O irmão dele, identificado como Ronan, foi preso no meio de julho, depois que a Justiça expediu um mandado de prisão para ele. O irmão também seria apontado por pelo menos duas mortes no bairro.
Na delegacia, o SUL FLUMINENSE ONLINE foi o único veículo de imprensa a acompanhar a chegada de Leonardo. Os agentes constaram de que havia um mandado de prisão contra ele pela morte da cerimonialista. Foram aprendidas duas pistolas, uma .40 e outra calibre 9 milímetros que foram usadas, segundo a polícia, para atacar os policiais.

O sargento, de 40 anos, foi levado para o Hospital São João Batista e passa por cirurgia. Recebemos imagens de pelo menos um suspeito, sem camisa, ter sido retirado de dentro da escola por policiais militares, algemado. Outro três suspeitos armados teriam conseguido fugir.

Alunos foram para dentro de uma sala no terceiro andar do prédio, por medida de segurança. Segundo informações, ao ouvir disparos perto da escola, o diretor trancou os andares inferiores. Os alunos foram liberados da escola perto das 17h. Nenhum aluno ou funcionários se feriu. Novas informações sobre o caso a qualquer momento aqui no SUL FLUMINENSE ONLINE.
Fotos: Evandro Freitas.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:

(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).

4 COMENTÁRIOS

  1. Cara de lixo podre.
    Uma desgraça dessa não pode ser presa.
    Esse rato de esgoto rapidamente estará nas ruas, pois leis Brasileiras só defende bandidos da pior espécie.
    Tomara que quando esse tralha estiver novamente na rua aprontando, a PM encaminha esse safado para o inferno.
    Parabéns aos policiais militares pela ação.

  2. Deus abençoe a recuperação do policial baleando, e que esse bosta de aí preso ache bem rápido o caminho do inferno.

Comments are closed.