<
Atualizado às 15h27min.

VALENÇA
Os três policiais militares que morreram em um acidente na manhã de terça-feira (19), entre o carro que eles estavam e um ônibus, na RJ-145 que liga Barra do Piraí a Valença, no Sul do Rio de Janeiro, serão sepultados na manhã de quarta-feira (20). O sepultamento dos policiais será às 9h, no Cemitério Riachuelo, em Valença.
O veículo em que eles estavam bateu de frente em um ônibus de turismo. As vítimas morreram na hora. Eles tinham acabado de sair do plantão e retornavam para casa. Todos os três eram lotados no 10° Batalhão (Barra do Piraí). O carro ainda pegou fogo e outros motoristas usaram extintores para controlar as chamas.
Entre as vítimas estava o sub tenente Jean Pierre, de 36 anos, que atuou no roubo a uma joalheria seguido de sequestro com refém que resultou no resgate heroico de uma idosa e na morte do suspeito, também em Valença, em dezembro passado.
As outras vítima são a soldado Ana Cristina de Jesus Rembisk, de 38 anos, e o cabo Ricardo Joaquim, de 40. O ônibus da empresa Util fazia a linha Rio-Valença. Não há informação de feridos no ônibus. Os corpos devem ser encaminhados para o IML de Barra do Piraí.

A Secretário de Estado da Polícia Militar lamentou, por nota, a morte dos policiais.