Tremendão morre aos 81 anos no Rio de Janeiro
Foto: Reprodução.
RIO DE JANEIRO

Atualizado às 14h35min.
O cantor e compositor Erasmo Carlos, de 81 anos, morreu na terça-feira (22), no Rio de Janeiro. Ele havia sido novamente internado na manhã da segunda-feira (21), no Hospital Barra D’or, na Barra da Tijuca.
Erasmo havia deixado o hospital no início deste mês, depois de nove dias internado. Segundo conhecidos, Fernanda, a mulher do cantor, estava do lado dele quando ele faleceu.
Há alguns meses, Erasmo vinha se tratando uma síndrome edemigênica, doença que ocorre quando há um desequilíbrio bioquímico, dificultando a manutenção dos líquidos dentro dos vasos sanguíneos. Geralmente é causada por doenças cardíacas, renais ou dos próprios vasos.
Um dos pioneiros do rock brasileiro e mais famoso parceiro de Roberto Carlos, o “Tremendão”, como era chamado, tinha meio século de carreira musical, com mais de 500 canções e dezenas de sucessos, como “Além do Horizonte”, “É Preciso Saber Viver”, “O Bom”, que ultrapassam gerações.
Nascido na Tijuca, no Rio, Erasmo foi influenciado pela Bossa Nova e o rock’in roll. Aprendeu a tocar violão com Tim Maia. Mais tarde, fez parte de um grupo que tinha Tim e Roberto Carlos, mas a banda foi desfeita após uma briga entre Tim e Roberto. A família ainda não informou sobre como será o velório ou local do enterro do cantor.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:  
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por opiniões de leitores na matéria).