Terremoto atinge Turquia e Grécia
Prédio desabou em Esmirna, na Turquia, após um terremoto no Mar Egeu.
Foto: Tuncay Dersinlioglu/Reuters.
INTERNACIONAL

Atualizado às 13h08min.
Um forte terremoto atingiu o Mar Egeu na sexta-feira (30) e causou estragos na Turquia e na Grécia. Agências que monitoram tremores de terra registraram números diferentes. O órgão turco afirma que foi um terremoto de magnitude 6.6. O serviço americano disse que foi maior, de 7.0, na Escala Richter.
Agencias internacionais apontam seis mortes e 120 feridos. Prédios caíram e ruas ficaram alagadas. Uma das mortes foi por afogamento. Ondas invadiram cidades. Ainda estão fazendo buscas para tentar salvar pessoas embaixo dos escombros. Cerca de 70 pessoas foram resgatadas. Os terremotos são comuns na região, mas não com tanta intensidade.

A cidade mais atingida foi Izmir, na costa da Turquia. As pessoas correram para as ruas após o terremoto começar. A rede de TV turca TRT Haber mostrou um prédio caindo na região central. O ministro do Interior da Turquia, Suleyman Soylu, disse que seis prédios desabaram na cidade. O prefeito, Tunc Soyer, afirmou que foram 20 edifícios na região.
Segundo os dados do órgão turco, o epicentro aconteceu a cerca de 17 quilômetros da costa da Turquia, a uma profundidade de 16 quilômetros. Os americanos têm informações diferentes e disseram que a profundidade foi de 10 quilômetros e o epicentro foi a 33,5 quilômetros da costa.
Além disso, em Istambul, a maior cidade da Turquia, sentiu-se o tremor, mas não há relatórios de danos. As autoridades pediram aos moradores da ilha grega de Samos, de 45 mil habitantes, para que fiquem em casa. Em redes sociais, perfis publicaram vídeos de Esmirna que parecem indicar que houve queda de edifícios. Ainda há nuvem de detritos em algumas partes da cidade.


Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).