Atualizado às 23h46min.

VOLTA REDONDA
Uma nova reviravolta na questão do transporte público de Volta Redonda, no Sul do Rio, aconteceu na tarde de terça-feira (1). O Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ), suspendeu a licitação das 31 linhas da Viação Sul Fluminense, marcada para próxima sexta-feira (4). O prefeito Samuca Silva (PSDB) já anunciou que vai recorrer da decisão.
A decisão foi do conselheiro Rodrigo Melo do Nascimento. A ação foi colocada no tribunal pela Viação Santa Edwiges, de Barra do Piraí. A decisão do conselheiro se baseou em dois itens no edital licitação. Um deles são os R$ 6 milhões a serem pagos pela empresa vencedora e a realização da audiência pública.
Samuca determinou ao procurador Geral do município, Augusto Cesar Nogueira, que analisasse o voto e prepare um recurso para dar entrada no TCE-RJ. “Vamos nessa quarta (2) ao tribunal para apresentar a defesa. Queremos mostrar como a cidade está sofrendo com os constantes atrasos, carros quebrados e até pegando fogo. Estamos avaliando as medidas possíveis para manter a licitação”, afirmou o procurador.
O prefeito frisou que está empenhado em fazer com que a população possa ter acesso ao transporte de qualidade, diante de tantas reclamações, segundo ele. “A população pode contar comigo. Todo o dia só temos mais certeza que a empresa está passando por dificuldades financeiras e isso acarreta na qualidade do serviço prestado. Sem falar que está sob uma intervenção judicial e tenho ônibus recolhidos por outras decisões da Justiça. Vamos atrás dos meios legais para realizar a licitação o mais rápido possível”, destacou Samuca.
Foto: Arquivo.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:

(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Deixe seu nome aqui