Atualizado às 11h34min.

BARRA MANSA
O taxista Rafael Garcia Cândido, de 21 anos, morreu na madrugada de sexta-feira (6) depois de ser atacado a golpes de canivete no Centro de Barra Mansa, no Sul do Rio. Ele foi atacado na Avenida Domingos Mariano e morreu na Santa Casa de Misericórdia. Ele foi atingido no peito e no abdômen por um colega.
A suspeita é de que havia uma desavença entre Rafael e Renan da Silva Almeida, de 37 anos, preso pela polícia momentos após o crime com um canivete. Ele estava em uma bicicleta e fugiu após a discussão por causa de um celular. A briga começou depois que a vítima teria deixado o celular cair e quebrar. A briga acabou com a vítima esfaqueada.
Renan foi preso em flagrante e levado para delegacia (90ª DP). Até o início da manhã a expectativa era de que Rafael fosse operado e resistisse. Porém, o jovem foi ferido gravemente e morreu no hospital.
Foto: Divulgação / PMERJ.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:

(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).