<

Atualizado às 12h09min.


VOLTA REDONDA

A prefeitura anunciou o primeiro ônibus elétrico do estado do Rio de Janeiro, que começará a funcionar a partir desta segunda-feira (09), em fase de teste, em Volta Redonda. O veículo será utilizado para o programa “Tarifa Comercial Zero”, e circulará gratuitamente nos quatro principais pontos comerciais do município (Vila Santa Cecilia, Centro, Aterrado e Retiro).

O ônibus, 100% elétrico e nacional, tem a capacidade para 83 pessoas (26 sentados e 57 em pé) e faz parte do processo de planejamento de implantação do ônibus.

“Vamos testá-lo por trinta dias para saber quantos passageiros utilizarão o Tarifa Comercial Zero. A ideia é aquecer a economia, levando os consumidores aos principais centros comerciais da cidade, sem interferir nas linhas convencionais. Além disso, o veículo não provoca poluição sonora e nem atmosférica. Com tudo isso, vamos melhorar a mobilidade de Volta Redonda”, enfatizou Samuca Silva (Podemos).

Para o prefeito, o ideal não é apenas fornecer um transporte gratuito, mas também maior conforto aos passageiros. O veículo terá ar condicionado, internet wi-fi e ligações USB para recarregar aparelhos móveis. Na próxima segunda (09), está marcada uma apresentação do ônibus para imprensa. Jornalista foram convidados para participar da primeira volta do coletivo elétrico na cidade. O SUL FLUMINENSE ONLINE estará na apresentação e fará transmissões ao vivo, via FaceBook, do passeio.

Técnicos da secretaria municipal de Transporte e Mobilidade Urbana (STMU) já determinaram seis pontos de embarque e desembarque. São eles: Avenida Paulo de Frontin (em frente à prefeitura); Vila Santa Cecilia (atrás do Escritório Central); Avenida Gustavo Lira (Centro); Rua Eduardo Junqueira (Centro); Avenida Lucas Evangelista, no Aterrado (em frente do Sesi); e no cruzamento da Avenida Savio Gama com Rua Campos (Retiro).

“Nossos funcionários começarão a demarcar, com a sinalização horizontal, os locais de embarque e desembarque. Os atuais pontos não sofrerão alterações”, garantiu Wellington Silva, secretário municipal de Transporte e Mobilidade Urbana.

(DIVULGAÇÃO)