<
Atualizado às 11h10min.

VOLTA REDONDA
Rafael Silva Camelo, o “Cabeça”, de 32 anos, é o suspeito que acabou morrendo em um suposto confronto com policiais militares na tarde de sexta-feira (22), em uma área da mata no bairro Belo Horizonte, em Volta Redonda, no Sul do Rio. Cabeça nasceu no Rio e morava no bairro. Ele seria um dos que estaria a frente do comando do tráfico de drogas na localidade.
Segundo a PM, o confronto aconteceu depois de uma denúncia que traficantes agiam no local. A troca de tiros aconteceu na Rua do Contorno, em uma área de mata, onde agentes do Serviço Reservado da PM (P2) teriam feito o cerco para tentar encontrar os suspeitos. Ao chegar o confronto teria acontecido.
Depois da morte do suspeito, os agentes encontraram drogas, um revólver calibre 38 com munições intactas e deflagradas. Além de um rádio transmissor com uma base carregadora e uma pequena quantidade em dinheiro. O material foi entregue na delegacia (93ª DP), onde o caso foi registrado.
O SFO ainda informou que um outro suspeito havia fugido baleado. Porém, ainda não foi confirmado que outro tenha se ferido no confronto. Rafael deve ser sepultado ainda neste sábado (23), no Cemitério Municipal da cidade.


Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.