Secretário cai e assume ex-professor universitário assume a Saúde de Witzel

Edmar Santos deixa a pasta, mas não o governo, depois de escândalo de respiradores.

0
99
Novo secretário assume após queda no governo Witzel
Foto: Reprodução.
Atualizado às 06h55min.

ESTADO 
O agora ex-secretário da Saúde do Estado do Rio, Edmar Santos, deixou a pasta, mas vai permanecer no governo. A exoneração saiu depois que estourou o escândalo de fraudes na compra de respiradores para hospitais de campanha do estado. Ele vai permanecer no governo, segundo uma nota da assessoria de imprensa de Witzel que afirma que Edmar seguirá “auxiliando o estado” ao dirigir uma comissão no enfrentamento à pandemia de Covid-19.
Quem assume é um ex-professor universitário que atuou em Barra Mansa, num curso superior de medicina veterinária. O professor Fernando Ferry assume na segunda-feira (18), no lugar de Edmar exonerado em pleno domingo (17). Segundo o governador, a medida se deu por “falhas na gestão de infraestrutura dos hospitais de campanha para atender vítimas da Covid-19”.
Ferry estava na direção-geral do Hospital Universitário Gaffré e Guinle. Além de Clínico Geral, o novo secretário é especialista em AIDS e ex-professor associado da Clínica Médica e Aids da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UniRio). Formado em medicina pela UFRJ, onde também deu aula. Da mesma forma, Ferry ainda é graduado em medicina veterinária e técnica agropecuária pela UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro).

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Deixe seu nome aqui

cinco − 1 =