Sargento da PM morre de Covid-19 em Volta Redonda
Foto: Evandro Freitas.
<
VOLTA REDONDA

Atualizado às 00h06min.
O 1º Sargento Marcelo dos Santos Araújo, de 52 anos, morreu na sexta-feira (15) vítima de complicações causadas pela Covid-19. Ele estava internado há vários dias no Hospital Regional e não resistiu. O sargento Araújo é da primeira turma de alunos do 28º Batalhão da PM, o qual se dedicou ao lema “Servir e Proteger” durante toda carreira na corporação.
Atualmente, o sargento servia no DGP (Diretoria Geral de Pessoal), na capital. Ele era natural da Volta Redonda. Cidade em que trabalhou a maior parte da vida. Por onde passava fazia amigos. Nós, do SUL FLUMINENSE ONLINE lamentamos a partida do sargento, que era, além de um policial exemplar, um amigo da imprensa.
Ele esteve com nosso diretor de Imagens, Evandro Freitas, na primeira vez que a polícia usava um drone para mapear áreas do tráfico, no Complexo da Vila Brasília. O ano era 2012, quando o delegado, agora deputado federal, Antônio Furtado, comandava a 93ª DP. Ele comemorava sempre uma grande prisão ou operação que terminasse na retirada de marginais, armas e drogas das ruas.
Muito bem relacionado no meio político, Araújo esteve com o delegado Furtado na campanha de 2018, para deputado. Sempre envolvido com o meio político da cidade, ele era amigo pessoal do atual prefeito de Volta Redonda, Antônio Francisco Neto. Segundo uma fonte do SFO, Neto ainda ajudou o sargento, enquanto estava internado e lutava contra o vírus.
O sepultamento do sargento acontece nesse sábado (16), às 10h da manhã, sem velório, por conta do protocolo para o novo Coronavírus.
– O com um profundo sentimento de pesar, da nossa equipe, e por todos os familiares, parentes e amigos do sargento Araújo. Ele combateu o bom combate e deixará lições de vida e exemplos a serem seguidos – é o que o SUL FLUMINENSE ONLINE acredita e espera.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).