Samuca prioriza emprego em programa eleitoral para VR
Foto: Divulgação/PSC.

VOLTA REDONDA


Atualizado às 22h.

Em mais um programa eleitoral de rádio, o candidato a reeleição, Samuca Silva (PSC), destacou a importância de gerar de empregos e novos investimentos para Volta redonda. Segundo Samuca, a cidade terá uma grande oportunidade para atrair novas empresas, tendo em vista a implantação do Polo Metalmecânico, que garante incentivos fiscais para a cadeia do aço.
Aproveitar o diálogo com a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) para atrair empresas que beneficiam aço é algo, segundo Samuca, fundamental para a cidade. “Já temos sete empresas interessadas em se instalar na cidade no pós-pandemia por conta desses incentivos fiscais do Polo Metalmecanico, projeto que é necessário para atração de empresas. Temos a expectativa de gerar quase 3,5 mil empregos com a instalação dessas empresas”, disse Samuca.
Samuca ressaltou que é muito questionado sobre o que foi feito sobre a geração de emprego. De acordo com os dados do Ministério da Economia, entre 2015 e 2016, Volta Redonda acumulou mais de seis mil fechamentos de postos de trabalho.    “A partir de 2017 esse cenário mudou. E em 2018 e 2019 conseguimos ser a cidade que mais gerou empregos. O parque empresarial, na entrada da cidade, não tinha empresas e agora está cheio. O novo shopping, que era um esqueleto, foi entregue no nosso governo e gera hoje milhares de empregos. Melhoramos o ambiente de negócios, desburocratizamos sistemas internos e agora temos até o alvará fácil, onde um empreendedor consegue retirar seu alvará em 24 horas”, disse Samuca.
Segundo o candidato, iniciativas para estimular o crescimento do comércio também foram fundamentais para a geração de empregos e precisam ser ampliadas. “Temos o Tarifa Comercial Zero, com três ônibus elétricos circulando pelos centros comerciais. Criamos o Rua de Compras, evento que movimentou o comércio nos principais centros da cidade. Avançamos muito nessa área. Ter diálogo com o setor produtivo é fundamental para que a cidade possa continuar crescendo”, completou.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).