Atualizado às 14h37min.


Volta Redonda 

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, deixou o Partido Verde. A participação dele na convenção do novo partido PODEMOS, na noite deste sábado (01), em Brasília, selou a filiação a nova sigla, que terá como principal nome o senador Álvaro Dias (PR). No encontro o senador anunciou a pré-candidatura a presidência da república para 2018.

O novo partido, o “PODEMOS”, é originado do PTN (Partido Trabalhista Nacional) e será a plataforma do senador para candidatura a presidente. A primeira convenção serviu para oficializar a legenda. Assim como o Álvaro, Samuca também deixa o PV pela nova sigla.

A assessoria do prefeito não confirmou a saída. Samuca esteve em Brasília para conversar com Álvaro, almoçou com as lideranças e com o ex-presidente do PV, agora no novo partido. O chefe do Executivo de Volta Redonda, apareceu na transmissão ao vivo, via redes sociais, feita por Álvaro e em uma matéria exibida no Jornal da Band, na noite deste sábado (Samuca aparece em matéria da Band). A nova sigla terá ainda o senador Romário (RJ) e mais 14 deputados federais e 02 senadores.

Samuca chega com certo prestígio ao partido. Na hora de anunciar as novas lideranças para assinar a filiação simbólica, Samuca foi o primeiro a ser chamado e identificado como presidente e liderança em Volta Redonda. Samuca foi candidato a vereador e a deputado estadual pelo PTN.

(SUL FLUMINENSE ONLINE)

– Vamos trabalhar em duas frentes. Dentro e fora do Congresso. Vamos trabalhar para erguer um partido que quer ser importante para o país. Oferecer uma alternativa nova, que começa agora. Não tem passado. Só tem futuro. Esperamos poder serjulgados positivamente – declarou Álvaro Dias.

Mesmo não confirmando oficialmente a saída, a presidente do PV em Volta Redonda, Nena Düppré, afirmou ao SUL FLUMINENSE ONLINE que devido as imagens Samuca não deve mais fazer parte do PV. Ela encarrou com naturalidade a saída do prefeito do partido, mas disparou contra Samuca.

– Ele não era e não é ambientalista. Renegava nosso Estatuto é nosso Programa. Depois que ganhou a eleição, nunca chamou o PV para nenhuma discussão política em torno do governo da cidade. Ignorou o PV! Penso que esse era o caminho possível. Bom para ele, que segue com seus pares mais afinados a velha política. Bom para nós, que aprendemos com a experiência e vamos fortalecer nossa base e conquistar novas lideranças e seguir em frente – frisou.

A presidente contou ainda como ficou sabendo da saída de Samuca para o novo partido por telefone.

– Houve uma convenção foi para eleger nossa Executiva Estadual esta semana. Como ele tinha que comparecer para votar, como filiado, ele não foi. Justificou dizendo que estava saindo do PV. Não disse o porquê, só comunicou sua desfiliação – explicou.

Samuca retorna para cidade neste domingo (02) e deve fazer algum pronunciamento oficial nesta segunda (03).

Convenção do PODEMOS na integra:

Nasceu o PODEMOS, acompanhe ao vivo. #ADComunicação

Posted by Alvaro Dias on Saturday, July 1, 2017