Prefeito pede que as pessoas fiqeum em casa.
Atualizado às 16h.

VOLTA REDONDA
O prefeito da maior cidade do Sul do Rio decidiu apelar e foi as ruas, no domingo (5) de Ramos, com um carro de som afim de tentar convencer as pessoas de ficarem em casa. Depois de uma curva crescente do número de casos confirmados na cidade, o prefeito tomou novas medidas para estimular a diminuição na circulação de pessoas. Entre elas, a suspensão de gratuidade dos idosos no transporte coletivo.
Ao lado do secretário de Saúde, Alfredo Peixoto, que anunciou que não será mais candidato a vereador na cidade, por conta da pandemia, e da coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Milene Paula de Souza, ele circulou por ruas da cidade pedindo que as pessoas respeito o isolamento social e evitem sair de casa.
Volta Redonda é a terceira cidade do estado em número de casos confirmados, com duas mortes e mais de 50 pacientes positivo para o novo coronavírus. São duas mortes confirmadas e às 16h o prefeito fará novo pronunciamento que pode trazer novos números negativos para a pandemia.
Foto: Reprodução.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).