Atualizado às 21h15min.

VOLTA REDONDA
Elvano Leite de Souza, conhecido como “Gambá”, que não teve a idade revelada, foi preso em flagrante com uma pistola municiada, mais dois carregadores, somando com 52 munições. Ele foi detido em uma ação da PM, na Rua Delfim Moreira, no bairro Dom Bosco, em Volta Redonda, no Sul do Rio. Gambá é apontado pela polícia como o principal suspeito do duplo homicídio ocorrido na noite do dia 25 de maio. Ele já tinha mandado de prisão por homicídio, autorizado pela Justiça.
Além da arma, foi apreendido um celular e R$ 240 em dinheiro. Segundo a PM, o suspeito não reagiu e se entregou com a arma na cintura e carregadores no bolso. Para tentar “enganar” a polícia, o suspeito ainda tentou se passar pelo irmão, dando a identidade que não era dele para o registro na delegacia. De acordo com a investigação, Gambá teria roubado o Gol brando usado no homicídio.
Morreram no atentado Wallace Wilker Luiz Mendes, o “Lalin”, de 29 anos, natural do Rio de Janeiro. A outra vítima foi Luiz Gilberto da Silva Feijó, o “Luizinho”, de 28 anos. Na ocasião, o SUL FLUMINENSE ONLINE foi o único veículo a ir até o local do crime. Luzinho chegou a ser levado para o hospital, mas morreu na unidade. No local do crime, a perícia encontrou cápsulas de pistola 9mm. O mesmo calibre apreendido com Gambá.
A polícia vai investigar se a arma pode ou não ser a usada no crime. O suspeito ficou preso na delegacia (93ª DP). Além do homicídio ele vai responder por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e falsidade ideológica, por ter tentando dar os documentos de outra pessoa. (Foto: Divulgação).
Arma estava na cintura do suspeito que tinha mandado por homicídio.

 

 


Comentários via Redes Sociais ou no portal:

(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Deixe seu nome aqui