<
(da esquerda para direita)

Nelson Gonçalves, filho do ex-prefeito; com o neto, Valdir Appel e o Nelson Gonçalves neto)


Atualizado às 11h26min.

VOLTA REDONDA 
O primeiro goleiro do Volta Redonda Futebol Clube lançou um livro contando como o clube nasceu, em 1976. O lançamento aconteceu no subsolo do Sider Shopping, em Volta Redonda, no Sul do Rio. Valdir Appel foi o primeiro titular do Tricolor de Aço no time fundado pelo ex-prefeito Nelson Gonçalves. Aos 73 anos o ex-jogador reuniu parte do time que bagunçou o Campeonato Carioca daquele ano. Além das histórias dos bastidores do clube e atletas que vieram de vários times para compor o plantel no interior do Rio. O atual presidente do clube, Flávio Horta, estiveram no lançamento. Além de diretores e o presidente do Conselho Deliberativo.
O Voltaço nasceu, segundo o filho do prefeito da época, o ex-deputado Nelson Gonçalves, de uma “mentira” do bem. O presidente da federação carioca na época, que era muito amigo do pai, perguntou se a cidade tinha time. Ele contou que o pai afirmou que tinha, sem ter estádio, muito menos time montado. Em menos de 60 dias o estádio foi levantado e o time fundado um mês antes da estreia contra o Botafogo, que venceu por 3 a 2, em casa.
Valdir lembra que veio do América de Natal para o Voltaço naquele ano. Viu no clube uma vontade de vários atletas de recomeçar. “Esse livro estava guardado na minha memória para ser feito e estou muito feliz de lançar ele aqui. Espero que o Voltaço volte a ser como antes nas vitórias e no estádio lotado de torcedores orgulhosos do time. Sempre estarei na torcida e esse livro é uma prova disso”, frisou Valdir.
Os prefácios da obra são assinados pelo radialista e comunicador esportivo, Manoel Alves, e o filho que viu o sonho do pai de ter um time na cidade, Nelson Gonçalves. Manoel lembrou emocionado o que viveu na fundação do clube.
– Hoje do Voltaço é mais conhecido do que a CSN – brincou e continuou… “Sei o quanto o time é importante para cidade e um livro que lembra quem fundou essa paixão é maravilhoso. Na época duas forças dos grandes cariocas vieram compor o time. Vasco e Flamengo mandaram jogadores e outros escolhidos numa peneira aqui. Tudo bancado pela prefeitura da cidade. Isso marcou história”, contou.
Filho do prefeito na época, Nelson Gonçalves, lembrou que a vontade de se criar um time partiu do pai e contagiou quem viveu naquele tempo. “Ver hoje um time conhecido que nasceu do sonho do meu é maravilhoso. O livro do Valdir é maravilhoso por contar esse período marcante para o esporte da cidade. Pretende lançar um livro também contando, sob a minha ótica, a época da fundação do Voltaço”, revelou.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:

(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).