Atualizado às 16h10min.

RESENDE
Policiais militares do 37º Batalhão (Resende), iniciaram 2019 com um curso de aperfeiçoamento de tiro, nesta segunda semana de janeiro. O curso, ministrado por instrutores de CIEAT (Centro de Instrução Especializada em Armamento e Tiro) da PMERJ, está sendo feito no estande de tiros na Aman (Academia Militar das Agulhas Negras), no Sul do Rio de Janeiro. Cerca de 100 militares passaram pelo curso até sexta-feira (11).
Os policiais têm, com o curso, a possibilidade de praticar a precisão e controle do disparo. Além de trabalhar o manuseio de vários tipos de armas, os agentes ainda treina montagem e desmontagem de armamento.
O comandante do 37º BPM, tenente coronel Rhonaltt Bueno Pereira, lembra que esse tipo de treinamento é fundamental para o aprimoramento da tropa. Ele ainda ressalta que técnicas de identificação e controle podem definir um desfecho perfeito em uma ocorrência.
– O treinamento é primordial para o policial. Aprimorando a prática de tiro recebidos nos cursos de formação e progressão traz novos conceitos difundidos pelo Centro de Instrução Especializada em Armamento e Tiro. São trabalhados conceitos onde o policial de posse dessas novas técnicas de defesa preserva vidas dos envolvidos. Eles aprendem ainda preservar a própria vida e a de terceiros – frisou.
O comandante lembra ainda que o batalhão recebeu seis novas viaturas do governo do estado e novos fuzis IA2 que serão usados pelos policiais do batalhão. (Foto: Divulgação).
Curso visa aprimorar técnica de tiro e tomada da melhor decisão de cerca de 100 militares do 37º BPM.