Atualizado às 22h13min.

RESENDE
A Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão na segunda-feira (7) de um dos acusados da morte do policial militar Alexandre Balbino Silva, de 44 anos, ocorrido em setembro deste ano, em Resende, no Sul do Rio. O acusado é Alex Lopes da Silva, o “Branquinho”, de 30 anos. Ele foi preso em uma casa do bairro Jardim Aliança II.
De acordo com a polícia, o homem agia como chefe do tráfico de drogas, nos bairros Fazenda da Barra I e III. A investigação aponta que Branquinho fugiu para Baixada Fluminense logo depois do crime. Ele retornou para a cidade na tarde de segunda. A noite o mandado de prisão foi cumprido pelos agentes da 89ª DP.
O sargento da PM foi morto por três homens, quando estava em um posto de combustíveis, na entrada da cidade. O crime foi na madrugada do dia 18 de setembro, às margens da Rodovia Presidente Dutra.
Um dos suspeitos de participação na morte do PM morreu, um dia depois do crime, em uma troca de tiros com policiais do 37º Batalhão (Resende), onde o sargento morto era lotado. O suspeito estava em um carro de aplicativo que foi abordado e saiu atiraram contra os agentes até ser baleado e morrer ainda no local. O confronto às margens da Dutra, perto do bairro Fazenda da Barra III.
Foto: Divulgação/Polícia Civil.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:

(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Deixe seu nome aqui