<
Atualizado às 12h54min.

BARRA MANSA
A Polícia Civil conseguiu capturar na noite de segunda-feira (25), em São Paulo, com apoio da PM paulista, o acusado da morte da comerciária Viviane Ribeiro de Souza, de 46 anos, em julho do ano passado. O suspeito, Fernando Muniz da Silva, ex-companheiro da vítima desapareceu depois do crime e foi dado como o principal suspeito do crime.
A mulher foi assassinada com 40 facadas, dentro de casa, no bairro Vila Orlandélia, na Rua Orlando Brandão. Fernando foi preso no bairro do Brás, em São Paulo, na capital paulista. Ele estava com a prisão preventiva decretada.
O mandado de prisão foi cumprido pelo delegado de Resende (89ª DP), Michel Floroschik, pedido pela delegacia de Barra Mansa (90ª DP). Segundo a polícia, o acusado estava usando documentos falsos que seriam de um caminhoneiro. Ele está preso no 8ª DP de São Paulo e deve ser transferido para cadeia pública de Volta Redonda nesta terça ou quarta-feira.
(REDES SOCIAIS)