Atualizado às 21h29min.


VOLTA REDONDA

A Polícia Civil, sob o comando do delegado Franquis Dias Nepomuceno, titular da 93ª DP (Volta Redonda), desmascarou uma refinaria de droga que funcionava no condomínio do Minha Casa Minha Vida, Ingá II, no bairro santa Cruz, em Volta Redonda, no Sul do Rio. O local foi descoberto na tarde de terça-feira (12).

A polícia contabilizava no início da noite todo material apreendido. Até o momento se sabe que foram encontrados 3,5 quilos de cocaína. Além de vasto material para embalar droga, maconha e munição de fuzil e de calibre 45.

Seis pessoas foram levadas para delegacia. Entre os presos estão duas mulheres. Uma é menor de idade e foi apreendida.  A outra mulher é apontada pela polícia como gerente do tráfico de drogas na localidade. A prisão dela foi decretada pelo delegado. Assim como a de outro rapaz detido. Os outros dois suspeitos estavam sendo analisados caso a caso para saber a participação deles no esquema.

O delegado disse que o apartamento era ponto estratégico de traficantes do próprio Santa Cruz e de mais dois bairros e pontos de venda de drogas na cidade. Segundo a polícia, do apartamento saía droga para o Morro da Conquista, no Santo Agostinho e São Carlos.

– Foi um duro golpe para o tráfico. A quadrilha foi desmantelada e teve um grande prejuízo financeiro com a atuação da polícia – comemorou o delegado. Ele ainda ressaltou que o local era monitorado pelos agentes há algum tempo. O material apreendido precisou de várias mesas para ser armazenado. (Foto: Divulgação).

Delegado titular comemorou a ação e disse que “foi um duro golpe no tráfico”.