<

COBERTURA EXCLUSIVA


Atualizado às 12h23min.


VOLTA REDONDA

O comando do 28º Batalhão de Polícia Militar realizou uma operação em uma área de mata, entre o bairro Fazendinha e o Santa Cruz, em Volta Redonda-RJ na madrugada dessa terça-feira (24). Dois suspeitos morreram durante o confronto com a PM. Os dois homens, provavelmente, são de fora da cidade. Supostamente da Baixada Fluminense ou até de Cabo Frio, na Região dos Lagos. Os dois não tinha documento de identidade.

Eles estavam acampados, como o SUL FLUMINENSE ONLINE havia anunciado no fim da semana passada, com EXCLUSIVIDADE. O acampamento foi montado como base para uma possível invasão ao Vila Brasília. Acompanhamos a chegada dos policiais que participaram da ação, na 93ª DP com todo material apreendido.

Os policiais encontraram um fuzil 556, 05 pistolas, 03 granadas, carregadores de pistola, vasta munição, droga a ser contabilizada e várias bases e rádios comunicadores. Até um gerador foi encontrado. O armamento seria usado em caso de um confronto entre as facções criminosas. O acampamento estava em uma área de difícil acesso. As equipes de dividiram, pela parta alta e baixa, até que os suspeitos ficaram encurralados. Até panfletos usados pela facção e distribuído nas comunidades foram encontrados.

Arsenal seria usado para suposta invasão ao Vila Brasília, segundo a PM. (EXCLUSIVA – EVANDRO FREITAS)

Segundo os policiais, haviam seis ou sete elementos, fortemente armados, que resistiram a tiros a chegada da polícia. O tiroteio foi intenso e aconteceu por várias vezes dentro da mata fechada.

Três equipes de Patamo da 1ª CIA (Volta Redonda), uma de Barra Mansa (2ª CIA) e uma de Pinheiral (3ª CIA). Além de agentes do Serviço Reservado da PM (P2), sob o comando do tenente Andrade estiveram no fogo cruzado com os bandidos. Ao todo foram 33 policiais envolvidos na operação. Na Supervisão de Oficiais, 1º tenente Andrade e 1º sargento Da Silva, na Pamesp Bancária; 2º sargento Keller e soldado Muzy; Patamo II (BM), cabos Amaral, Lazaroni, Brito e Augusto; na Patamo (Pinheiral), 2º sargento Vinícius e cabo Marcelinota; Patamo II (VR) os cabos Sá Freire e Carlos Eduardo; na Patamo III (VR), 3º sargento Cavalcanti e os cabos Geovani, Paulo Vitor e Santana; na Patamo I (VR), os cabos Jordan e Azevedo e na RP Bravo, os cabos Medina e Claudinei. Ainda 12 homens do Serviço Reservado (P2) participaram da ação.

A tensão na localidade vem aumentando. Há duas semanas uma guerra entre os dois lados e a repressão da polícia se intensificou. O SFO foi o primeiro a falar que a suposta invasão vinha sendo preparada. Pelo menos duas vezes, os integrantes do tráfico no bairro Santa Cruz entraram na área do Vila Brasília.

A perícia acaba de chegar no local, no momento da publicação dessa matéria. Os corpos dos dois suspeitos ainda não foram removidos. Ao longo do traremos mais informações sobre a grande operação realizada pela PM.

Mais fotos: Fanpage SFO

3 COMENTÁRIOS

  1. que bandido vindo do rio o que !! hum ai jonatas almeida um coitado que num tinha onde cai morto sempre assim os de verdade ralo e os boca aberta se “lascam”.

  2. Agora é hora de parabenizar o Comandante da PM. Não precisa fazer muito e só deixar os meninos trabalharem! Essa equipe da p2 tem sido peça fundamental na segurança publica de VR! Parabéns. O Sr tem ótimos cara de guerra e só deixar essa equipe da p2 na rua que bandido sabe que não dá para fazer o que quer! Parabéns aos policiais

  3. TEM QUE COLOCAR POLICIA MESMO NOS CONDOMÍNIOS MINHA CASA MINHA VIDA NO ROMA SANTA CRUZ SAO SEBASTIÃO TRES POÇOS HÁ GRANDE VOLUME DE TRAFICANTES ENVOLVIDOS NESSES CONDOMÍNIO
    COM A DROGA CHEGA ATE ESSES CONDOMÍNIO PRA VENDA PORQUE NAO ESTA SENDO INVESTIGADA
    COLOCA POLICIAMENTO E BLITZ 24 HORAS NAS ENTRADAS PARA VER QUANOTS CARROS IRA APRENDER
    SIMPLESMENTE ASSIM

Comments are closed.