<

Atualizado às 14h31min.


Itatiaia

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na tarde dessa segunda-feira (28), na Via Dutra em Itatiaia, um policial militar do Rio de Janeiro, em um carro com 3.450 munições de calibre 9mm, de uso restrito. A prisão ocorreu no km 318 de Via Dutra.

A prisão aconteceu durante a Operação Égide, que tem o objetivo de combater o tráfico de drogas, armas e o roubo de veículos nas rodovias federais. Segundo a PRF, o suspeito demonstrou certo nervosismo durante a abordagem. Disse ser policial do Rio e estar abalado com as mortes dos colegas de farda, na Capital. Ele contou que havia participado de um retiro espiritual em Cachoeira Paulista (SP). O PM disse que voltava de Guaíra (PR), onde teria comprado suplementos alimentares, por ser empresário do segmento. A revista continuava, até que os policiais encontraram as munições no forro da tampa do porta-mala.

No desdobramento, os policiais suspeitaram que outro veículo estaria sendo usado como “batedor”. Para avisar se havia blitz da PRF em algum trecho da Dutra. O carro foi abordado no posto de Piraí (Caiçara), com três homens. Um deles confirmou ter um irmão policial militar. Chegou até confirmar o nome o PM preso em Itatiaia. Todos foram presos por associação par ao crime.

Os presos foram levados para Delegacia da Polícia Federal, na Praça Mauá, no Rio.

Resultados Égide

A operação aconteceu em todo Brasil e apresenta bons resultados na região. Inciada em 27 de julho, até agora, somente no trecho da Rodovia Presidente Dutra no Sul Fluminense, foram apreendidos 350 quilos de drogas, 101 animais silvestres, 10 documentos falsos, 07 veículos roubados ou furtados e 40 pessoas presas em dois meses.