PM mantém namorada refém dentro de carro em Valença
<
Foto: Reprodução.
VALENÇA

Atualizado às 12h15min.
Um homem armado com pistola mantém desde o início da manhã de sexta-feira (27), a ex-mulher refém sob a mira, dentro de um carro, no pátio do Centro Universitário de Valença. Informações dão conta de que ele seria um policial militar e a ex-companheira seria aluna da instituição.
Policiais militares e civis tentam negociar com o sequestrador. Uma equipe dos Bombeiros também foi enviada para faculdade. Homens do Bope (Batalhão de Operações Especiais) também foram chamados para ajudar na negociação.
A mulher seria moradora de Barra do Piraí e aluna do curso de Odontologia. O homem é policial em Resende, lotado no 37º Batalhão da PM. Eles tiveram uma discussão e em seguida ele prendeu a moça no carro sob a mira da arma.
A instituição emitiu uma nota, dizendo que “Na manhã desta sexta-feira, a equipe de segurança da Fundação Educacional Dom André Arcoverde identificou uma discussão entre um casal que estava em um carro no estacionamento do campus sede. Ao tentar aproximação, foi identificado que o homem estava armado e a polícia foi imediatamente acionada. O local foi isolado, para maior segurança e os alunos foram orientados a não sair das salas de aula e os colaboradores de seus setores. No momento, estamos aguardando a atuação da Polícia Civil e Militar, que já estão no local, para contornar a situação. Presidência da Fundação Educacional Dom André Arcoverde”.
Os alunos estão isolados dentro das salas de aula. O local está isolado e novas informações a qualquer momento aqui no SFO.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).