<
                                                               Foto: Redes sociais
VOLTA REDONDA

O pai de Renan Júnior Ferreira, de 29 anos, recuperou no Espirito Santo, a Saveiro, que pertencia ao filho assassinado, em Volta Redonda. O veículo estava desaparecido desde o dia 7 de junho, quando Renan foi visto pela última vez, próximo ao bairro Siderlândia.
Há cerca de três semanas, segundo a Polícia Civil, a Saveiro da vítima foi vista por policiais no Espirito Santo. O carro estava sendo conduzido por um dos supostos assassinos de Renan, que trocou tiros com policiais capixabas, na cidade de Guaçuí, mas conseguiu escapar, abandonando o veículo. Outro suspeito de matar Renan foi preso na sexta-feira (24), no bairro Belmonte.
A Polícia Civil informou ainda que Renan não tinha envolvimento com o tráfico de drogas. Segundo as investigações, ele foi sentenciado à morte por traficantes. O motivo teria sido porque frequentava uma localidade que pertencia a uma quadrilha rival.
O corpo da vítima foi encontrado boiando no Rio Paraíba do Sul, próximo a passarela de pedestre de acesso a Usina Presidente Vargas, na Beira Rio.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria.