Operação contra quadrilha que furtou joias e dinheiro acontece em Resende
Foto: Divulgação.
<
RESENDE

Atualizado às 12h52min.
Policiais civis deflagraram na manhã de segunda-feira (15) uma operação contra uma quadrilha que furtou dinheiro e drogas. O alvo é um apartamento de luxo em Resende, no Sul do Rio que fica na Avenida Rita Maria Ferreira da Rocha, no bairro Comercial.
Os crimes aconteceram em 24 de novembro de 2020. As vítimas, de acordo com a polícia, relataram o furto de joias e uma alta quantia em dinheiro em cédulas de real, dólar, euro, libra, pesos mexicano, argentino e chileno, lira turca e dirrã, dos Emirados Árabes.
Imagens de câmeras de segurança e laudos periciais, inclusive com coleta de impressões digitais, ajudaram a chegar na quadrilha e apontar a participação de quatro pessoas no furto. Ao cruzar os dados e monitorar os envolvidos, a Polícia Rodoviária Federal descobriu que um automóvel utilizado pelos bandidos já vinha sendo usado em furtos a residências de alto padrão no Rio de Janeiro e em Goiás.
A Polícia Civil conseguiu com a Justiça dois mandados de prisão preventiva e 11 mandados de busca e apreensão. Os alvos desta fase da operação estão localizados em São Paulo (SP). Um deles já está preso em Brasília (DF), enquanto o outro não foi localizado e passa a ser considerado foragido. Na capital paulista, foram recuperadas joias e apreendido o veículo utilizado no crime.
A operação recebeu o nome de “Sapato Branco”, em referência ao apelido dado a bandidos que gostam de levar uma vida cheia de ostentação de bens no mundo do crime. O próximo passo agora é levantar mais indícios que possam ajudar a identificar os outros dois envolvidos. A quadrilha vai responder por furto qualificado e associação criminosa.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).