Neto afirma que VR vai recorrer da decisão de fechar o comércio
Foto: Reprodução Internet.
<
VOLTA REDONDA

Atualizado às 23h52min.
A primeira live do prefeito Antônio Francisco Neto (DEM) no atual governo foi para revelar o que todos comerciantes e comerciários estão ansiosos para ouvir. O prefeito foi conciso e disse apenas que a Procuradoria-Geral do município (PGM) vai recorrer da decisão do juiz da 6ª Vara Cível, que determinou a confecção de um novo decreto com medidas para fechar comércio não essencial na cidade.
– Nós não estamos preocupados com o empresário, estamos preocupados com o comerciário, com o empregado, que precisa do emprego para dar sustento a família. É muito importante que a gente tome todas as providências para combater à Covid mas precisamos garantir o emprego de todos – explicou Neto.
Por hora, continua tudo como no último decreto. Apesar da recomendação da Justiça. A cidade passou, no mesmo dia, da marca de 600 mortes por conta da Covid-19. O último índice diz que agora 606 vítimas da doença na cidade. Neto recomendou na transmissão “que as pessoas usem máscaras”.
Ainda na live, com a presença de uma representante da Unimed e ausência da secretária de Saúde, Conceição Souza, Neto agradeceu os dois convênios firmados. Um deles começa na quarta-feira (7) e a cooperativa privada de plano de saúde passará a analisar os exames coletados pelas unidades públicas de saúde. De acordo com o prefeito, em cerca de duas horas será possível saber se o paciente está ou não contaminado pelo novo Coronavírus. A outra parceria firmada entre o poder público e a cooperativa é de consultas de forma remota pela internet.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Deixe seu nome aqui

18 − 13 =