(DIVULGAÇÃO)

Atualizado às 13h01min.


VOLTA REDONDA

Não haverá nenhum aumento do IPTU em 2018, afima o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva (Podemos). O anúncio foi feito no final da tarde desta terça-feira (10), após uma reunião com os técnicos da Secretaria Municipal de Fazenda. O Código Tributário Municipal prevê uma correção monetária de acordo com o IPCA (Índice de Preço ao Consumidor Amplo), divulgado pelo Banco Central. Porém, o chefe do Executivo afirmou que continuará com os descontos para aqueles que pagam em cota única e antecipadamente.

“Quero encerrar qualquer boato sobre o aumento do IPTU. Diferente dos demais impostos. A prefeitura de Volta Redonda tem total gerenciamento e podemos beneficiar a população, em especial as de baixa renda. Mesmo com a correção monetária, conforme determina o Código Tributário, manteremos o desconto para quem pagar antecipadamente ou em cota única. Os percentuais ainda serão estudados pela equipe da secretaria”, afirmou.

A estimativa inicial da secretaria é que, em 2018, sejam emitidos mais de 106 mil carnês do imposto para residências e comércios e outros 286 para as indústrias. As datas dos vencimentos já foram definidas para quem optar em pagar em cota única ou antecipadamente, segundo a secretária de Fazenda, Norma Chaffin.

Para as indústrias, o imposto pode ser quitado antecipadamente em 15 de janeiro de 2018 ou em 2 de fevereiro de 2018, em cota única. Já os residenciais e comerciais o prazo são: 19 de março de 2018 (antecipadamente) ou 29 de março de 2018 (cota única). “Só terão desconto os contribuintes que quitarem o seu imposto em pagamento à vista”, frisou a secretária.