<
Atualizado às 00h23min.

BARRA MANSA
Vanessa Sabino, de 30 anos, morreu no meio da noite de quarta-feira (31), na Santa Casa de Barra Mansa, no Sul do Rio. Ela é a esposa agredida pelo ex-marido no último dia 20, a paneladas e garrafadas. O principal suspeito, que está foragido, Moisés Augusto Dias de Oliveira, teria espancado a ex-mulher e enteada, de 14 anos, no bairro Goiabal, com uma panela de pressão e garrafas de vidro.
Ela deu entrada no hospital com traumatismo craniano, por conta das pancadas na cabeça. Ela foi direto para o Centro de Terapia Intensiva (CTI), onde ficou internada por 10 dias. Ela ainda teve fraturas na face. A filha da vítima, que não se machucou muito, contou na delegacia (90ª DP) que ela e a mãe foram “brutalmente agredidas” pelo ex-padrasto.
Moisés antes respondia por tentativa de homicídio. Agora ele passará responder por feminicídio. Isso significa que após a morte a pena para o crime, em caso de condenação, agrava ainda mais. Ela ainda vai responder pela agressão a enteada.
Familiares e amigos fizeram várias postagens, em luta pela morta de Vanessa. A polícia recolheu garrafas quebradas e a panela usada na agressão, na casa da vítima. Quem tiver qualquer informação que leve ao principal suspeito, ligue para 190 ou para o Disque-Denúncia (08000 260 667).

Comentários via Redes Sociais ou no portal:

(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).