Ministro da Saúde de Bolsonaro pede demissão menos de um mês de governo

0
571
Ministro da Saúde pede demissão
Foto: Jorge William.
Atualizado às 12h42min.

BRASÍLIA
O ministro da Saúde, Nelson Teich, pediu demissão na sexta-feira (15) menos de um mês no governo Bolsonaro. O anúncio foi enviado pela comunicação do ministério, após Teich se reunir com o presidente Jair Bolsonaro no fim da manhã, no Palácio do Planalto. De acordo com a assessoria do órgão haverá uma coletiva de imprensa nesta tarde para falar sobre a saída.
Na última quarta-feira (13), Teich faria uma coletiva para anunciar a matriz de isolamento proposta aos estados, mas cancelou a reunião.  O médico estaria isolado na pasta e sem apoio da área técnica do ministério. Além de ser alvo de críticas dentro e fora do governo. Teich era visto por gestores dos estados como uma “decepção geral”. O ministro chegou ao órgão em abril para substituir Luiz Henrique Mandetta, que foi demitido após supostas divergências com o presidente.
Teich ainda passou a ser alvo de ataques nas redes sociais por apoiadores do presidente. Um dos motivos principais da indisposição com a base de apoiadores de Bolsonaro foi sua posição em relação ao uso da cloroquina. A hashtag #teichliberacloroquina chegou a ficar entre os assuntos mais comentados essa semana.
Na quarta Bolsonaro afirmou que ia discutir com o ministro o protocolo da pasta em relação ao uso da droga. Nos últimos dias, o ministro reforçou a posição dada pelo Conselho Federal de Medicina de que não há estudos suficientes para recomendar o uso da droga no tratamento.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).