Ícone do site Sul Fluminense Online

Menor de 11 anos é aprendido com drogas em distrito de Valença

VALENÇA

Atualizado às 21h10min.
A Polícia Militar apreendeu no sábado (21), no distrito de Barão de Juparanã, em Valença, um garoto de 11 anos, que contou ter escondido uma pistola usada numa tentativa de homicídio, na casa onde mora com um tio. Além da arma, havia 200 sacolés de cocaína e 23 munições de calibre 9mm.
Tudo começou no fim da madrugada, no mesmo distrito, depois que um homem de 34 anos sofreu uma tentativa de homicídio. Tudo teria acontecido quando a vítima tentou apartar uma briga. A vítima levou dois tiros no peito e acabou levada para o Hospital Escola de Valença, onde passou por uma cirurgia. Não foi possível confirmar seu estado de saúde dele no momento.
A Polícia Militar, por meio do Serviço Reservado, passou a apurar os fatos e identificou dois suspeitos de envolvimento no crime. Um tem 21 anos e, o outro, 19. Segundo a polícia, eles seriam de uma facção criminosa do Rio de Janeiro e estariam abrigados na casa de uma mulher de 34 anos no distrito. Porém, eles não foram encontrados na casa. Ao invés disso a polícia encontrou 24 sacolés de cocaína, três de maconha e 12 munições calibre 5.56 e duas de calibre 9mm.
Horas mais tarde, a polícia localizou um dos suspeitos e a mulher no distrito de Massambará, em Vassouras, cidade vizinha. Foi aí que eles confessaram que entregaram a pistola ao menino de 11 anos. Em seguida, os agentes retornaram e encontraram o menor. A apreensão da droga na casa do tio renderia R$ 4 mil aos traficantes, se fosse vendida, afirmou a polícia. O caso foi registrado na delegacia de Valença.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:  
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por opiniões de leitores na matéria)
Sair da versão mobile