<
NACIONAL

Atualizado às 14h55min.
O governador de São Paulo, João Dória, disse nesta segunda-feira (1º) que a China liberou a exportação para mais 5,6 mil litros de IFA (insumo farmacêutico ativo), o que seria suficiente para a fabricação de mais 8,7 milhões de doses da Coronavac.
Segundo o governador, os insumos para a produção desta remessa devem ser enviados ao Brasil até 10 de fevereiro. O governo aguarda a chegada para esta quarta-feira (3) de outros 5,4 mil litros de insumos, que dariam para produzir, em até 20 dias, 8,6 milhões de doses do imunizante. A chegada do lote está prevista para as 23h30, no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).