Faca usada para tentar matar a esposa.
Atualizado às 11h17min.

BARRA MANSA
Uma mulher, de 40 anos, sofreu uma tentativa de feminicídio a facadas, na manhã de quinta-feira (28), em Barra Mansa, no Sul do Rio. O marido, Jonan de Melo Agostinho, de 35 anos, foi preso no momento desta publicação pela polícia em frente a Santa Casa de Misericórdia, para onde ela foi levada ferida. O casal mora no Centro da cidade.
Ela foi atingida por quatro facadas. Um no braço esquerdo, direito e duas nas costas. Ela ainda apresentava várias escoriações pelo corpo. Se os policiais não chegassem, o homem iria matar a esposa na frente do hospital. Graças ao sargento Moisés e cabo Bastos, ele foi detido a tempo.
Segundo os policiais, ele foi abordado em atitude suspeita e estava com a faca, suja de sangue, em frente a unidade hospitalar. Os agentes ainda disseram que ele confessou que aguardava a esposa para “terminar o que começou”. A mulher contou que havia sofrendo agressões há muito tempo. Ela ainda confessou que tinha muito medo de denunciar por conta das ameaças do marido.
Esse é o segundo caso de violência contra a mulher na cidade, em menos de uma semana. No domingo (24), um bombeiro militar aposentado esfaqueou a mulher na frente do filho, no bairro Verbo Divino. A mulher, de 58 anos, foi socorrida e morreu no dia seguinte também na Santa Casa. O acusado está na delegacia no momento desta publicação e deve responder por tentativa de homicídio.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).

Bombeiro esfaqueia a esposa e acaba preso por tentativa de homicídio em Barra Mansa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Deixe seu nome aqui