Atualizado às 09h11min.

RODRIGO MATIAS
Descobrimos que a cantora Ludmila é bissexual, uma vez que já falou do seu interesse por homens, mas assumiu o namoro com uma de suas dançarinas. Bem prático, não é? O relacionamento vai onde tiver show.
E o menino Ney? “Defraudou” uma mulher, com quem tinha “conversas inocentes” por uma rede social. Não é bom ter dinheiro? Você manda buscar quem quer e depois paga mais por isso. Bolsonaro? Continua sendo o presidente do Brasil. Você sabe o que ele fez na última semana? Pois é…

O que essas três personalidades brasileiras têm em comum? Nada! Melhor dizendo, tem uma coisa: são notícia.

Não é interessante nosso interesse pelo fútil? Muitos de nós investimos tempo nos interessando por notícias que em nada mudam o nosso dia a dia. Querendo ter uma sensação de informação.
Ficamos mais preocupados com a sexualidade de famosos, do que as leis que estão sendo aprovadas no legislativo, federal, estadual e municipal. Muitos se irritam só de ler ou ouvir o nome “Bolsonaro”, e nem se preocupam em averiguar a veracidade, ou não de notícia, se é que chegam a lê-la na íntegra.
Mais do que conhecer o “affair” de uma “celebridade”, busque conhecer o que realmente pode mudar sua realidade. Por falar nisso? Você sabe o que o governo tem feito? Não? Acho bom saber… Vai mudar mais a sua vida do que saber o nome da namorada de alguém ou com quem alguém vai para cama.
Até a próxima semana.
 

 


Comentários via Redes Sociais ou no portal:

(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).