Foto: Divulgação.
VOLTA REDONDA

Atualizado às 20h46min.
Os vereadores da Câmara Municipal de Volta Redonda receberam com muita tristeza, no último dia 12 de junho, a notícia do encerramento das atividades do Recreio do Trabalhador. Por outro lado, a Fundação CSN, que responde pelo espaço, explica que por conta da pandemia do novo coronavírus, diz os clubes foram obrigados a paralisar suas atividades.
Com isso, a medida agravou a situação do local foi agravada com a perda, de uma quantidade de sócios significativa, declinado, assim, com o fechamento do espaço histórico de lazer.
O atual Presidente do Legislativo, o vereador Nilton Alves de Faria, o “Neném”, diz que não poupará esforços para que as atividades do Recreio do Trabalhador retornem. “Queremos saber o porquê dessa triste decisão. Entendo a seriedade do assunto e, acredito, que a Fundação CSN relutou muito para chegar no encerramento. Pretendemos buscar junto com os vereadores um esclarecimento”, afirmou.
No entanto, o presidente ressalta que o Recreio sempre foi palco de grandes acontecimentos culturais, além de formaturas, jogos diversos, competições e muitas festas importantes. Ele ainda ressaltou que “essa história não pode acabar dessa forma”- finalizou.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Deixe seu nome aqui

quatro × 4 =