Atualizado às 10h21min.

VOLTA REDONDA
A Justiça negou o pedido de liminar para cair com o decreto do prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva (PSDB) contra a Viação Sul Fluminense, no Sul do Rio. O pedido foi feito na 25ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. O objetivo era suspender a suspensão do contrato da empresa e nova licitação para o transporte na cidade.
Os desembargadores fizeram duras críticas à atuação da empresa. Eles estavam com várias matérias e reportagens de veículos de imprensa da cidade. A decisão foi publicada em Diário Oficial ainda na quarta-feira (12).
A decisão do juiz da 4ª Vara Cível de Volta Redonda ainda impede a prefeitura de realizar licitação das linhas suspensa pelo decreto. A prefeitura ainda entrou com pedido de agravo. O objetivo é derrubar a decisão.
O prefeito decretou a suspensão de 10 linhas, no dia 10 de maio passado. A justificativa era o enorme número de reclamações contra o serviço prestado pela empresa. A Viação Sul Fluminense ainda passa por uma intervenção judicial, que foi determinada pelo juiz Roberto Henrique dos Reis, que também emitiu liminar à empresa. Pelo eito a novela está longe do fim. (Foto: Arquivo).

 

 


Comentários via Redes Sociais ou no portal:

(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Deixe seu nome aqui