Polícia confirma que morte de homossexual foi latrocínio
VOLTA REDONDA

Atualizado às 17h34min.
A Polícia Civil prendeu na tarde de quarta-feira (17) um dos acusados de participar da morte do dentista Marco Aurélio Zanoto, de 28 anos, ocorrida no bairro Conforto, em Volta Redonda, no Sul do Rio. O crime aconteceu no dia 10 de novembro, na casa da vítima, na Rua 228.
O acusado se entregou a polícia, mas por falta de um mandado foi solto. Em seguida, a Justiça emitiu mandado de prisão e fugiu. O rapaz, de 19 anos, que segundo a polícia aparece nas imagens do carro da vítima sendo abandonado, foi preso na Rua Crispim de Assis Pereira, no bairro São Geraldo.
O outro suspeito de participação no crime foi preso no mesmo dia do crime. Ele foi localizado por um policial civil nos arredores do Edifício Redondo, no bairro Aterrado.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:  
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).