Jovem, de 19 anos, foi socorrido, mas não resistiu e morreu no HJSB.
Atualizado às 17h21min.

VOLTA REDONDA
O suspeito, de 25 anos, ferido no confronto com a PM, nos condomínios Minha Casa, Minha Vida do bairro Roma, ficou paraplégico por conta do tiro que ele sofreu ter atingido a coluna. O rapaz, socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência), na manhã de quinta-feira (6), quando a Polícia Militar entrou em confronto com supostos traficantes no residencial.
Segundo informações obtidas com EXCLUSIVIDADE, pelo portal SUL FLUMIENNSE ONLINE, os paramédicos suspeitaram, ainda dentro da ambulância, que ele não sentia mais as pernas. No Hospital São João Batista, para onde ele foi levado, os médicos fizeram, na sexta-feira (7), uma tomografia que constatou que o único tiro que ele foi atingido se alojou na coluna.
Segundo fontes do SFO de dentro do hospital, não será possível sequer uma cirurgia para tentar resolver o problema. Ele está sob custódia da polícia e deve ser levado para cadeia, assim que receber alta. A saída dele do hospital ainda não tem data para acontecer. Ao que tudo indica, ele não poderá voltar a andar.
Foto: Evandro Freitas – Exclusiva.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).