Atualizado às 15h04min.

VOLTA REDONDA
 Uma das mais conhecidas e atuantes ativistas sociais do Sul do Rio morreu na manhã de quinta-feira (28), aos 80 anos, no Hospital da Unimed de Volta Redonda. A irmã Elizabeth Alves estava internada dede sábado (23), depois de ser socorrida no distrito de Arrozal, em Piraí. Ela sofreu um infarto.
O corpo dela está sendo até o meio da desta tarde e depois seguirá para Arrozal, onde será velado na Igreja de São Sebastião, a matriz do distrito. O sepultamento está marcado para 8h da manhã de sexta-feira (29), no cemitério do distrito.
Uma missa com o bispo Dom João Maria Messi, responsável pela Igreja Católica no Estado do Rio, irá celebrar uma missa de corpo presente, uma hora antes do sepultamento.
Dentre os trabalhos de caridade e auxílio a quem mais precisava, a irmã Elizabeth fundou, em 1996, a Casa da Criança e do Adolescente, em Volta Redonda. A ideia era auxiliar e dar suporte ao trabalho da Pastoral da Criança criada antes por Zilda Arms.