Início da vacinação em Volta Redonda é antecipado para esta terça-feira (19)
Foto: Ilustrativa.
<
VOLTA REDONDA

Atualizado às 10h59min.
A prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, vai antecipar o início da vacinação contra a Covid-19 para esta terça-feira (19), às 13h. Receberão as primeiras doses 18 funcionários da Secretaria Municipal de Saúde, que vão compor as equipes responsáveis por fazer a vacinação no público-alvo definido pelo Ministério da Saúde. Pela programação, a imunização vai começar na Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) do bairro Conforto.
Na quarta-feira (20), estas equipes vão vacinar as pessoas que vivem em instituições de longa permanência de idosos, bem como as pessoas com deficiência que vivem nas Residências Terapêuticas. Nos dois casos, também serão vacinados os cuidadores.
Ainda na quarta, funcionários das redes de saúde pública e privada que atuam na linha de frente contra a Covid-19 receberão a vacina.  Ao longo dessa terça, a Secretaria Municipal de Saúde aguarda resposta de ofícios enviados na segunda-feira (18) aos hospitais e unidades de saúde solicitando a relação dos profissionais que devem ser vacinados.
Inicialmente, a vacinação começaria na quarta, mas diante da chegada do primeiro lote de doses nesta manhã a Volta Redonda, a programação foi alterada.
Ä prefeitura divulgou algumas perguntas frequentes e esclareceu dúvidas. A cidade  já recebeu 1.863 doses da vacina contra a Covid-19. Sobre o segundo lote, esclareceu as mesmas pessoas vacinadas agora receberão a segunda dose dentro do prazo técnico previsto, que é entre o 14° e o 28° dia após a primeira dose. O total de doses recebidas deve ficar na casa de 3,9 mil ao final da primeira etapa.
O público-alvo nesta primeira etapa, seguindo as determinações dos planos nacional e estadual de vacinação, será formado por: 165 pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas (que vivem em asilos, por exemplo); 12 pessoas com deficiência institucionalizadas (que vivem nas residências terapêuticas); e 1.686 profissionais de saúde que estão na linha de frente no combate ao coronavírus.
As próximas vacinas, segundo a secretaria de Saúde, conta com um planejamento para atender todo o público-alvo, tão logo seja ofertada pelo Governo Federal mais vacinas. Infelizmente, esse prazo ainda não foi passado, mas o governo municipal não medirá esforços para receber a quantidade suficiente de vacinas para atender a todos.
Além disso, o questionamento sobre a compra da prefeitura da vacina. Porém, não existe até agora a possibilidade de compra da vacina pelos governos municipais, por determinação das autoridades federais. A determinação da quantidade de doses foi o definida pelo Ministério da Saúde, de acordo com dados colhidos nos anos anteriores.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).