Atualizado às 21h53min.


VOLTA REDONDA

Foi aberto, na tarde desta terça-feira, dia 12, a Feira de Negócios da Indústria do Sul Fluminense (Industrisul), no Pavilhão da Ilha São João. O evento, que tem o apoio da Prefeitura de Volta Redonda e é realizado pela APL Metalmecânico, vai até quinta-feira, dia 14.

Segundo a organização, os visitantes estão tendo a oportunidade de conhecer, de forma segmentada, produtos e serviços de 56 empresas da região e do estado. A previsão é que pelo menos duas mil pessoas passem pelo local nos três dias. A Industrisul funcionará das 14h às 18h, na quarta-feira (13) e das 14h às 19h, na quinta (14).

“A escolha de Volta Redonda mostra a grande importância do município para o Estado do Rio e, assim, estamos colocando o município no centro econômico do Brasil. Melhoramos o ambiente de negócios e criamos uma cultura de empreendedorismo na cidade, o que não ocorria há décadas. Quero aproveitar esse evento para conversar com os empresários e atrair novas empresas para Volta Redonda”, disse o prefeito Samuca Silva, que passou o primeiro dia do evento conversando com os expositores.

Além do chefe do prefeito, participaram da abertura o subsecretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Alberto Mofati; Pedro Guttemberg, diretor executivo da CSN; Armando Clemente, diretor do Sebrae; Adriana Silva, presidente do MetalSul; Edvaldo Xavier de Carvalho, o Fafal, presidente da representação regional Firjan; e Walter Siqueira, superintendente regional da Caixa Econômica Federal. E os vereadores Fernando Martins e Maurício Pessoa.

CSN demonstra disposição em prol de VR

(DIVULGAÇÃO)

Em seu discurso, Pedro Guttemberg garantiu que a CSN está disposta em ajudar no desenvolvimento do município: “Volta Redonda é o berço da indústria brasileira e vem na vanguarda do setor no país. Estou trabalhando na cidade há três meses e de coração aberto. Queremos fazer um espírito coletivo para a sociedade de Volta Redonda. O município tem um potencial gigantesco e a CSN sempre está disposta em ajudar Volta Redonda e a região”, afirmou.

Alberto Mofati, subsecretário do Estado, comemorou o evento e se disse otimista. “Esse é o primeiro grande evento que o Governo do Estado está participando depois da assinatura do ajuste fiscal com o Governo Federal. Temos que parar de olhar para trás e ter a consciência que a economia está voltando a crescer e devemos estar integrado com o setor privado”, finalizou.