VOLTA REDONDA

Atualizado às 18h31min.
A idosa Marly Mariana da Silva, de 62 anos, é quem pilotava a moto que acabou batendo em uma carreta, na Rodovia do Contorno, em Volta Redonda, no Sul do Rio. O acidente, ocorrido na manhã de quinta-feira (23), deixou o motorista, muito abalado. Marly morreu na hora e uma menina,  neta da vítima, de 11 anos, ficou ferida, mas passa bem. A menina está no Hospital São João Batista, onde passará por exames.
O senhor Joilson Gregório Batista, com muitos anos de estrada, contou a nossa equipe no local do acidente que ele seguia sentindo o bairro Vila Rica, quando percebeu que a moto vinha no sentido contrário. “Eu vinha subindo e percebi que no trevo a moto veio e senti que ela iria bater de frente. Quando eu freie o caminhão ele balançou e parei de lado aqui. Nem sabia que ninguém estava debaixo da carreta. Um fato lamentável”, comentou o motorista. O caminhão seguia de Volta Redonda para Recife, no nordeste do país.
A batida foi em frente a Residencial Jardim Mariana. Moradores do local dizem que os acidente no ponto são constantes, por conta do excesso de velocidade e imprudência. Os condomínios ficam em uma subida e uma descida alta e muitos motoristas abusão da velocidade.
Familiares da idosa e da criança estiveram no local e umas precisaram ser amparadas por passar mal ao saber da morte. A perícia foi acionada e a Polícia Civil está apurando o caso.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:  
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).