Identificado dois mortos na queda de aeronave em Rio Claro
Foto: Redes Sociais.
RIO CLARO

Atualizado às 17h21min.
Os dois homens que morreram na queda de um helicóptero em Passa Três, distrito de Rio Claro, no Sul do Rio foram identificados. São eles Gelson M. da Silva, de 34 anos, e Lopez E. Daniel, de 38. Somente eles estavam na aeronave.
Os corpos foram periciados e levados para o Instituto Médico Legal (IML) em Volta Redonda no início da tarde. Ainda não se sabe quem estava pilotando a aeronave no momento do acidente. Nem ainda de onde partiu o helicóptero e qual era o destino. A queda aconteceu por volta das 8h da manhã.
A aeronave era um monomotor modelo Robinson R44, e estava com operação negada para táxi aéreo. Além do Certificado de Aeronavegabilidade (CA) cancelado, porque o Certificado de Verificação de Aeronavegabilidade (CVA) estava vencido desde agosto de 2018, Isso significa que não estava autorizado a realizar voos.
O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) informou que investigadores do Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa III), com sede no Rio, foram acionados para realizar a ação inicial de investigação do acidente.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).