Leitos esgotando para Covid-19 em Volta Redonda
<
Atualizado às 08h39min.

VOLTA REDONDA 
O Hospital Regional, no Sul da capital fluminense, em Volta Redonda, é a única unidade regulada pela saúde do Estado a ter ainda UTIs disponíveis para pacientes com a Covid-19. Apesar disso, o Hospital Zilda Arms já passou dos 50% da capacidade de ocupação dos leitos de enfermaria e de tratamento intensivo, com respiradores.
Na rede do estado, até o momento, são 356 pessoas na fila por um leito de UTI, sendo 220 pacientes suspeitos ou confirmados de coronavírus. A enfermaria do HR está com 56% da capacidade ocupada e 51% das UTIs com pacientes. A unidade soma 94 leitos disponíveis até o início da manhã de sexta.
As desocupações na capital se darão por conta de altas ou óbitos ocorridos. Na capital existem 773 pacientes internados, em hospitais, municipais, estaduais e federais com suspeita e confirmação de covid-19. Desses 261 estão em UTIs.
Foto: Arquivo – SFO.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).