Atualizado às 23h34min.

RIO DE JANEIRO
Um incêndio de grande escala atingiu o Hospital Badim, no bairro do Maracanâ, na Zona Norte do Rio, no início da noite de quinta-feira (12). Uma pessoa morreu, segundo os Bombeiros. Perto das 22h, os resgatistas vaziam uma varredura para saber se ainda havia pacientes na unidade.
O fogo começou em um dos prédios por volta das 18h30. Ao todo 103 pessoas estavam internadas no instante do incêndio. Foi preciso montar uma espécie de hospital de campana no meio da rua, em frente ao hospital, para atender e afastar os pacientes do fogo. Colchonetes e lençóis foram jogados pelas escadas para improvisar o atendimento.
 
O incêndio foi controlado por volta das 20h15. Vários idosos estavam entre os internados. Eles foram transferidos para outras unidades de saúde pública e particulares da cidade carioca. Um prédio do hospital, inaugurado em 2018, está sendo usado para atendimento. O governador Wilson Witzel esteve durante a noite no hospital para saber o que de fato aconteceu. 
 
A direção do hospital revelou que o incêndio pode ter começado por conta de um curto-circuito no gerador do prédio 1, inaugurado em 2000. O incidente espalhou fumaça por todos os andares do prédio antigo. Todos os funcionários que estavam de folga foram convocados para uma força-tarefa para atender os pacientes.
Pacientes são atendidos no meio da rua. 
Ainda não se sabe quantos funcionários e acompanhantes estavam na unidade no momento do incêndio. “Toda a direção do Hospital Badim está empenhada em prestar os devidos socorros necessários aos pacientes, que estão sendo transferidos para o Hospital Israelita Albert Sabin e para os hospitais da Rede D’Or, do qual o Badim é associado”, diz uma nota divulgada pelo hospital.
 
Pacientes e funcionários começaram a sair do hospital assim que o incêndio começou. O dono da creche que fica ao lado do hospital contou que, inicialmente, os pacientes que têm quadro de saúde mais grave foram levados para a escola. Houve uma grande movimentação de macas e funcionários do hospital correndo. A energia elétrica foi desligada pela Light para facilitar o trabalho das equipes de resgate.
Incêndio começou na ala antiga do hospital que é público.
 
Fotos: Redes Sociais.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:

(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Deixe seu nome aqui