VOLTA REDONDA

Atualizado às 12h40min.
O corpo encontrado morto a facadas em uma avenida no Centro de Volta Redonda é de um policial penal, identificado como Maximiliano de Souza Soares, de 34 anos. A morte aconteceu na madrugada de segunda-feira (3), na Avenida Getúlio Vargas, perto do Viaduto Nossa Senhora das Graças. “Max”, como era conhecido, morava no bairro Paraíso, em Barra Mansa.
Nossa equipe foi o único veículo de imprensa a estar no local onde o corpo foi encontrado. O delegado titular da 93ª DP (Volta Redonda), Edézio Ramos, investiga a morte. Uma faca ficou cravada no corpo. O exame de necropsia contatou dois ferimentos produzidos por facadas, embaixo do braço e no pescoço do policial.
Ainda no local onde o corpo estava, foi encontrado um celular e R$ 2 em dinheiro. Segundo bombeiros, a vítima estava sem documentos. O Portal dos Procurados divulgou um cartaz com objetivo de localizar e prender o autor ou autores do crime. Além disso, há uma recompensa de R$ 5 mil para quem der informações sobre o suspeito da morte. Maximiliano era policial penal da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária, mas estava licenciado.


Comentários via Redes Sociais ou no portal:  
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).