Homem é preso por agredir esposa trans após fim do relacionamento
<

EXCLUSIVO


VOLTA REDONDA

Atualizado às 15h45min.
Um homem, de 25 anos, foi preso na tarde de sexta-feira (26) após ser denunciado por violência doméstica contra a namorada, de 28 anos, em Volta Redonda, no Sul do Rio. Segundo a polícia, o rapaz tinha um relacionamento com a mulher trans e a agrediu três vezes até ser preso. Depois do crime registrado a Polícia Civil (Deam), a Patrulha Maria da Penha (GMVR) e Secretaria da Mulher da prefeitura se juntaram para conseguir prender o suspeito.
O motivo das agressões seria o término do relacionamento. A jovem trans, que vive em situação de rua, procurou a delegacia e recebeu apoio da secretaria Municipal da Mulher e da Patrulha Maria da Penha da Guarda Municipal. Eles conseguiram na Justiça o mandado de prisão contra o agressor.
Foram três dias de buscas até localizar o agressor. A jovem identificou o ex-companheiro no bairro Aterrado. A Polícia Civil foi chamada e ele foi preso e conduzido para Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam). O suspeito ficou preso e vai responder por violência doméstica.
Casos como esse servem de alerta. A Justiça preconiza que seja mulher, hétero, trans ou homossexual e até homem que sofre violência doméstica se enquadra na Lei Maria da Penha e cabe prisão e/ou medida protetiva de afastamento. Seja qual tipo de violência for.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).