VOLTA REDONDA

Atualizado às 11h22min.
A mãe do menino de 8 anos, baleado na noite do último sábado (2), no bairro Volta Grande, em Volta Redonda, perdeu o bebê. A mulher estava grávida de 7 meses do pai da criança, a mulher, de 33 anos, passou mal na noite de domingo (3), foi levada para o Hospital São João Batista, mas a criança que ela esperava acabou falecendo.
A reportagem apurou com conhecidos da família que a mãe e o pai, de 37 anos, não estavam mais juntos. O filho foi transferido ainda na manhã de domingo para uma unidade pediátrica do Hospital Santa Cecília. O menino foi atingido na cabeça e permanece em estado gravíssimo numa UTI Neo Natal. O pai da criança também continua em estado grave e segue internado no Hospital São João Batista.
Na tarde de domingo, uma Ecosport que pode ter sido usada no atentado contra o pai e o filho foi encontrada incendiada na Rodovia do Contorno. Filmado por uma câmera de segurança da Rua Sérgio Paulo Moreira, o crime foi praticado por quatro homens. Eles, que estavam dentro do veículo estacionado ao lado do Honda Civic do pai da criança, esperaram as vítimas entrarem no veículo para atirar.
Em seguida, os criminosos entraram no carro e fugiram. A perícia no local 14 estojos de munição calibre .40. Inicialmente, as vítimas foram socorridas para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Santo Agostinho. A Polícia Civil investiga o crime e procura pelos autores do atentado.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:  
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por opiniões de leitores na matéria).